Arquivo de Tag | 2011

Ivete Sangalo – Rock in Rio 2011 [Show completo]

Ivete Sangalo

Ow Veveta, será que teremos a honra de te receber em 2012? Uma vez por ano é tão pouco… Pelo menos uma vez por mês, kkkkk!!!!

Venha sacudir Boa Vista, venha!

Sem dúvida a cantora mais porreta de arretada do Brasil!

Um jeito que só ela tem, cativante.

Nenhum artista é tão completo, assim é Ivete Sangalo. A gente sabe que ela realmente gosta do que faz, ela vive a música, é impossível não sentir a alegria e a força de vontade dela em cantar cada canção, cada show parece ser o primeiro e último. É diversão garantida sempre.

Sucesso é pouco!

Tua saúde é de aço e você vai ficar SARADINHA pra toda essa nação que te ama. “Sai que esse corpinho não te pertence.”

Rock in Rio (in Rio) 2011

A quarta edição do Rock In Rio no Rio será realizado nos dias 23, 24, 25, 29 e 30 de Setembro e nos dias 1 e 2 de Outubro de 2011, no Parque Olímpico Cidade do Rock, na Barra da Tijuca, no Rio.
Apresentações confirmadas até o momento:

Palco Mundo (Principais atrações ocorrem nesse palco)

23 de setembro

24 de setembro [12]

25 de setembro [13]

29 de setembro

30 de setembro

1 de outubro

2 de outubro

Fonte: Wikipédia / Link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Rock_in_Rio

Na primeira noite de Rock in Rio, na minha opinião (to assistindo pelo canal Multishow), quem surpreendeu foi a Katy Perry, primeiro porque pela TV a animação do público parecia ser maior que no show da Rihanna, segundo por ela chamar alguém da platéia para o palco, terceiro por ela vestir a bandeira do país e quarto por aquela tentativa dela se jogar no público, massa – Um artista de verdade, completo. É o que muitos artistas se esquecem, o sucesso vem do público, Katy Perry é demais; olha que gosto muito da Rihanna, mas a noite foi da Katy Perry.

Acredito que o atraso da cantora Rihanna, de quase duas horas, tenha prejudicado um pouco a animação da galera, mas foi um bonito show, impecável. Aquilo que era

Katy Perry indo pra galera
 
 
 
Rihanna tava muito comportada – eu esperava mais pra um Rock in Rio
 

Música tema do “Rock In Rio”

Todos numa direção
Uma só voz, uma canção
Todos num só coração,
Um céu de estrelas
Se a vida começasse agora,
E o mundo fosse nosso outra vez,
E a gente não parasse mais de cantar, de sonhar…
Que a vida começasse agora
E o mundo fosse nosso de vez
E a gente não parasse mais de se amar, de se dar, de viver

uou uou uou uou uou
Rock in rio (2x)

Que a vida começasse agora e o mundo fosse nosso outra vez
E a gente não parasse mais de cantar, de sonhar…

Que a vida começasse agora, e o mundo fosse nosso de vez
Que a gente nao parasse mais de se amar, de se dar, de viver…

uou uou uou uou uou
Rock in Rio (8x)

(2007 – vamo láááá)

Letra: http://letras.terra.com.br/roupa-nova/102373/

Para quem não foi, pode acompanhar ao vivo pelo canal Multishow, pela Globo.com e pelo YouTube (só para quem estiver fora do Brasil).

46º Festival Folclórico de Parintins

Desde sexta-feira (24.06.2011) ocorre o maior festival da Amazônia.

“O duelo dos bumbás Garantido e Caprichoso começa nesta sexta-feira (24) na Ilha de Parintins (distante 235 quilômetros de Manaus). O 46º Festival Folclórico do município será aberto às 21h de sexta-feira (24) pelo Boi da baixa do São José, Garantido. Em seguida, será a vez do boi Caprichoso. A festa encerra no domingo (26) com o boi Caprichoso.

Durante três dias, o boi-bumbá Garantido vai defender o tema “Miscigenação” que levará para o Bumbódromo – local onde ocorrem as apresentações – a história da formação social e cultural dos povos da Amazônia. De acordo com o presidente da Associação Folclórica Boi Garantido, Telo Pinto, o Bumbá fará um panorama das crenças, ritmos e do cotidiano do povo que vive a tradição do “vermelho e branco”. “Nossa Amazônia é berço de uma grande mistura étnica que resulta no caboclo, cujos ensinamentos conquistam respeito e seguidores em todo o mundo, sobretudo por seu convívio harmonioso com a Natureza. Queremos mostrar isso na arena”, disse.

Durante três dias, o boi-bumbá Garantido vai defender o tema “Miscigenação” que levará para o Bumbódromo – local onde ocorrem as apresentações – a história da formação social e cultural dos povos da Amazônia. De acordo com o presidente da Associação Folclórica Boi Garantido, Telo Pinto, o Bumbá fará um panorama das crenças, ritmos e do cotidiano do povo que vive a tradição do “vermelho e branco”. “Nossa Amazônia é berço de uma grande mistura étnica que resulta no caboclo, cujos ensinamentos conquistam respeito e seguidores em todo o mundo, sobretudo por seu convívio harmonioso com a Natureza. Queremos mostrar isso na arena”, disse.”

Atualizado em 29.06.2011: Garantido saiu vitorioso no festival, foi o boi campeão 2011.

Fonte: Parintins.com / Link: http://www.parintins.com/?n=2356

600 cestas básicas chegam a Roraima

YANA LIMA

A primeira remessa referente à doação de 10 mil cestas básicas feitas pela Companhia de Abastecimento (Conab) chegou na tarde de ontem à Base Aérea de Boa Vista. O voo saiu de Manaus e trouxe as primeiras 600 unidades. O restante está previsto para chegar até amanhã.

São 14 mil quilos de alimentos, sendo que cada cesta contém 23 quilos, o que, segundo o governo federal, é suficiente para abastecer uma família de cinco pessoas por 15 dias.

Os mantimentos foram trazidos em uma aeronave C-130 Hércules e foram enviadas em seguida para a 1ª Base Logística (Balog). Os mantimentos serão distribuídos segundo critérios da Defesa Civil de Roraima, com apoio de homens do Exército. Segundo informações da assessoria de comunicação da 1ª Brigada de Infantaria de Selva, uma reunião com o Corpo de Bombeiros decidiu, na noite de ontem, detalhes sobre as localidades a serem priorizadas.

A primeira localidade a ser atendida será o Município de Uiramutã, para onde o mantimento será encaminhado por meio de uma aeronave. Em seguida, os carros do pelotão local distribuirão os alimentos às comunidades que estão isoladas.

Uma nova aeronave com mais 600 cestas está prevista para chegar hoje ao Estado. Esta doação irá atender às comunidades do Baixo Rio Branco, onde 13 das 15 comunidades estão debaixo d’água. O mantimento será levado pela BR-174 até o Município de Caracaraí, onde um navio corveta da Marinha do Brasil pegará o material e descerá o rio para fazer a distribuição nas comunidades.

Os helicópteros serão os meios mais utilizados, devido à facilidade de locomoção às áreas isoladas. Conforme informações da Secretaria de Comunicação do governo, além das aeronaves roraimenses, a entrega dos alimentos será feita com uso de um helicóptero da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que já está no Estado, além de um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal do Rio de Janeiro, cuja previsão de chegada é até este domingo.

O governo afirmou estar articulando a vinda de um helicóptero maior, do comando Nacional da Defesa Civil, possivelmente um Black Hawk, que possui capacidade de até 25 pessoas e dois tripulantes. Além disso, o Exército colocou à disposição sete barcos para realizar o transporte de pessoas e de mercadorias na região de Normandia

De acordo com dados da Defesa Civil de Roraima, as chuvas que atingiram o Estado deixaram mais de 8.500 desabrigados e outras 41.583 pessoas tiveram de deixar suas casas. A estimativa é de que 355 mil pessoas tenham sido afetadas pelas chuvas no Estado e atingiu a todos os municípios.

APOIO – A Associação dos Distribuidores e Atacadistas de Roraima adotaram 100 famílias de bairros como 13 de Setembro, Caetano filho, Cauamé, Caranã e dos Estados. Conforme explicou o deputado estadual Brito Bezerra, a ideia é dar assistência continuada a essas famílias. Eles montaram 1.500 cestas que serão distribuídas semanalmente, uma para cada família.

O deputado federal Jhonatan de Jesus também doou 150 cestas, com apoio de um empresário do ramo de supermercados, para atender a famílias dos bairros Caranã e Cauamé, visto que até então havia poucas campanhas que contemplassem esses bairros. A entrega acontecerá hoje, às 15h.

Para ajudar as famílias desabrigadas ou desalojadas por causa da enchente, o senador Mozarildo Cavalcanti e a equipe do escritório do PTB fizeram uma parceria com a Prefeitura de Boa Vista na campanha “Não Esqueça, Aqueça”.  O senador Mozarildo e a sua equipe arrecadaram quase 100 quilos de charque. O produto, que será incluído na cesta básica, foi entregue nessa manhã na sede da AABB, onde a Prefeitura de Boa Vista montou um ponto de arrecadação de donativos.

O Mutirão da Solidariedade, coordenado pela primeira-dama e secretária da Promoção Humana, Shéridan de Anchieta, entregou à Prefeitura de Caracaraí centenas de cestas básicas para atender as famílias atingidas pela enchente.

Também foram entregues kits com redes, fraldas de uso infantil e adulto, toalhas, lençóis, colchas, sapatos e roupas.

Ministério da Saúde envia 7 toneladas de medicamentos

O Ministério da Saúde (MS) enviou ontem sete toneladas de medicamentos a Roraima, para atendimento aos municípios afetados por enchentes. O estoque deve atender 7,5 mil pessoas por um período de três meses.

São aproximadamente 155 mil medicamentos entre antibióticos, anti-inflamatórios, antiparasitários, analgésicos, antitérmicos, anti-hipertensivos e 75 mil unidades de material médico, como ataduras, luvas, cateteres, gaze, máscaras e seringas.

Roraima também vai receber nos próximos dias 15 kits para diagnóstico rápido de cinco doenças que podem ser causadas pelo contato com águas contaminadas. São três kits para cada uma. Os exames são para o diagnóstico das seguintes doenças: rubéola, leptospirose, toxoplasmose, rotavírus e hepatite. Cada kit pode fazer até 100 exames.

Os kits de diagnóstico vão reforçar o estoque do Laboratório Central de Roraima (Lacen). De acordo com especialistas, os riscos de infecções aumentam quando o nível de água diminui. Algumas doenças têm um período de incubação de 15 dias para apresentar os sintomas.

Conforme o secretário estadual de Saúde, Leocádio Vasconcelos, o material que chegou ontem vai atender as demandas dos municípios e das unidades da capital. “Havendo necessidade, o MS poderá enviar mais material, bastando o Estado fazer o pedido”, disse, ao explicar que o mesmo vale para os municípios. Os administradores das unidades do interior que necessitarem de material médico ou medicamentos devem fazer contato com Departamento de Assistência Hospitalar da Sesau.

REMOÇÃO – Enquanto durar as enchentes e o tráfego terrestre não estiver liberado, o abastecimento e remoção de pacientes acontecem via aérea, por meio das duas aeronaves do Governo do Estado. As Unidades Mistas de São João da Baliza, Caroebe, Normandia e os Hospitais Francisco Ricardo de Macedo, de São Luiz do Anauá, e Santa Luzia, de Rorainópolis, estão recebendo os produtos conforme as solicitações feitas ao Estado. (Y.L.)

 

Fonte: Jornal Folha de Boa Vista / Link: http://www.folhabv.com.br/Noticia_Impressa.php?id=110452

CARACARAÍ: Balsa inicia travessia de carretas de comida, medicamentos e combustível

VANESSA LIMA

O rebocador cedido pela Petrobras Distribuidora permitiu que a balsa de 1.700 toneladas iniciasse ontem o transbordo do rio Branco de carretas e caminhões carregados com medicamentos, botijas de gás e gasolina parados há dias no município de Caracaraí. Com o elevado nível do rio, mais de 3 quilômetros da BR-174 estão submersos, impedindo assim o tráfego na principal rodovia do Estado.

A balsa do Governo do Estado foi deslocada do Passarão, na zona rural de Boa Vista, para o município na quarta-feira, 8, mas como o rebocador ou empurrador que estava disponível não comportava o peso, somente com o suporte cedido pela empresa foi possível fazer o transbordo.

A primeira travessia foi de dois caminhões carregados com soro, uma carreta com 1.600 botijas de gás e outro carregamento de 30 mil litros de álcool, além de dois carros de passeio que traziam mulheres e crianças.

Em seguida estava previsto o transbordo de um dos dois caminhões da Petrobras Distribuidora com cerca de 500 mil litros de gasolina. A assessoria de comunicação da BR Distribuidora confirmou a travessia de um dos caminhões que deverá reabastecer a base da Petrobras em Caracaraí, o que ajudará na liberação de gasolina para os postos de combustível em Boa Vista.

Os 1,1 milhão de litros do produto carregados em Manaus e que estão a caminho de Roraima via fluvial deverão chegar a Caracaraí na segunda ou terça-feira. Com isso, o problema de desabastecimento de combustível na capital deverá ser sanado.

Homens do Exército é que estão envolvidos na organização da travessia, que dura em torno de 45 minutos. O transbordo é feito da vila Vista Alegre até a rua principal da sede de Caracaraí, ponto indicado pela Capitania dos Portos da Amazônia Ocidental como o mais seguro.

Em visita ao município, o governador Anchieta Júnior reafirmou que a população não precisa se preocupar com o desabastecimento no Estado. “Estamos tomando todas as medidas para evitar mais prejuízos à população. A balsa que está em Caracaraí terá como prioridade transportar as carretas que estejam com gêneros de primeira necessidade”, explicou.

De acordo com o vice-governador, Chico Rodrigues, que também esteve no município ajudando na coordenação da operação. Os trabalhos serão intensificados para que no máximo em uma semana o abastecimento da Capital e dos municípios esteja normalizado.

Caminhoneiros denunciam cobrança de taxa e privilégios na hora de embarcar

A estimativa é que cerca de 300 veículos estejam parados na BR-174, em Caracaraí, sem poder seguir viagem. Alguns caminhoneiros estão no local há oito dias, sem poder entrar no trecho da rodovia que está submerso.

Denúncias dão conta de que estaria sendo cobrado R$ 300,00 para travessia do rio por meio das balsas disponibilizadas pela administração estadual. Os caminhoneiros teriam se revoltado e, depois de reclamações, a questão se resolveu.

Outra reclamação seria de certos privilégios para a travessia de carretas de algumas empresas do Estado. Caminhoneiros denunciaram que em uma relação estariam especificados os carregamentos que serão atravessados na balsa. A escolha teria sido feita pelo próprio governador Anchieta Júnior.

“Estou aqui há oito dias. Tem caminhoneiro que já não tem dinheiro para se manter parado em Caracaraí. Eles apresentaram uma lista e disseram que a travessia será feita dando prioridades a alguns, ou seja, só passa quem eles querem e isso não é justo”, reclamou um caminhoneiro que prefere anonimato.

O trabalhador estava com carregamento de verdura e no domingo a empresa para a qual realiza o transporte dos produtos pagou para fazer o transbordo por meio de um barco. Uma balsa particular que está operando a quatro dias no local tem cobrado R$ 300,00 para fazer a travessia de caminhões e R$ 200,00 para micro-ônibus.

O secretário estadual de Comunicação, Rui Figueiredo, disse desconhecer a cobrança para utilização da balsa do governo e classificou como irregular qualquer taxa. “As pessoas podem denunciar quem estiver cobrando qualquer coisa para fazer a travessia, pelo telefone 199. A prioridade é para gêneros de primeira necessidade”, destacou.  (V.L.)

 

Fonte: Jornal Folha de Boa Vista / Link: http://www.folhabv.com.br/Noticia_Impressa.php?id=110453