Arquivos

Luzes de Phoenix: 20 anos

Um dos maiores avistamentos já registrados no mundo e visto por milhares de pessoas. Seriam sinalizadores militares ou mais um caso comprovado do fenômeno OVNI?

luces

As Luzes de Phoenix (por vezes referido como “luzes sobre Phoenix“) foram uma série de fenômenos ópticos amplamente avistados (geralmente objetos voadores não identificados) que ocorreu nos céus dos estados de Arizona e Nevada, nos Estados Unidos, e no estado mexicano de Sonora, no dia 13 de março de 1997. Uma repetição do fenômeno ocorreu em 6 de fevereiro de 2007 e foi filmada pela estação local da Fox News.

Luzes de variadas descrições foram vistas por milhares de pessoas entre 19:30-22:30 (UTC-7), em uma área de cerca de 300 milhas, a partir de Nevada, através de Phoenix, até Tucson. Houve dois eventos distintos envolvidos no incidente: uma formação triangular de luzes que passou por cima do estado e uma série de luzes fixas vista na área de Phoenix. A Força Aérea dos EUA (USAF) identificou o segundo grupo de luzes como foguetes de aviões A-10 Thunderbolt II que estavam em exercício de treinamento no sudoeste do Arizona. Testemunhas afirmam ter observado um OVNI em forma de um enorme esquadro, contendo luzes ou, possivelmente, motores emissores de luz. Fife Symington III, o governador na época, foi uma das testemunhas do incidente e mais tarde chamou o objeto de “sobrenatural”.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Luzes_de_Phoenix

Filmagem original (1997):

Documentário:

 

 

“UAP” na Amazônia

prato ft 06

Colares – PA, Operação Prato (1977)

UAP (do inglês), a nova sigla para OVNI, significa “Fenômeno Aéreo Não Explicado”. Sim, pois assim deixa bem claro que existe tal fenômeno. E como o fenômeno existe e pouco se explica, vou compartilhar com vocês um link do Portal Amazônia, onde reuniram os principais casos já registrados na região. É bem interessante e depois cada um pode tirar suas próprias conclusões.

Aproveitem e pesquisem depois cada caso individualmente, tem muita coisa interessante.

A página se chama “UFOS NA AMAZÔNIA”. É só clicar no link da página para conferir: http://www.portalamazonia.com.br/especiais/ufos-na-amazonia/

Da Terra a Alpha Centauri em uma minúscula nave a vela

O bilionário russo Yuri Milner e o astrofísico britânico Stephen Hawking revelaram nesta terça-feira seu projeto de alcançar a estrela mais próxima da Terra graças a uma pequena nave a vela impulsionada por um poderoso laser.A ideia é impulsionar a pequena nave “StarChip”, que pesaria apenas alguns gramas, a um quinto da velocidade da luz, bombardeando sua vela de alguns metros quadrados com fótons produzidos por um laser a partir da Terra.

Impulsionada a uma velocidade de 60.000 km por segundo, a nave poderia chegar a Alpha Centauri, a estrela mais próxima da Terra, em vinte anos.

Para conseguir a façanha, Yuri Milner, conhecido por seus investimentos em várias start-ups, especialmente no Facebook, investirá 100 milhões de dólares no projeto, batizado “Breakthrough Starshot”, explicou durante uma coletiva de imprensa em Nova York.

Para o projeto, associou-se a Stephen Hawking, astrofísico mundialmente conhecido por seu trabalho sobre buracos negros e seu best-seller “Uma Breve História do Tempo”.

Os primeiros resultados da pesquisa indicam que a projeção do feixe de laser precisaria de cerca de cem gigawatts, que é aproximadamente a energia necessária para o arranque de uma nave espacial, explicou Avi Loeb, professor de Harvard e membro do projeto.

A tecnologia básica necessária para o desenvolvimento do projeto já existe, mas deve ser adaptada e melhorada para permitir que a nave cumpra sua missão, afirmou Yuri Milner durante a conferência.
Fonte: http://m.istoedinheiro.com.br/noticias/negocios/20160412/terra-alpha-centauri-uma-minuscula-nave-vela/361680

Água em Marte: Os marcianos existem?

Ontem (28-09-2015) a NASA divulgou a existência de água no planeta vermelho. Será essa a prova que faltava para confirmar a existência de vida fora da Terra?

agua marte

Um cientista espacial nepalês foi um dos principais responsáveis pela descoberta de provas da existência de água em Marte – quando ainda era estudante.

Em 2011, durante sua graduação na Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, e aos 21 anos, Lujendra Ojha publicou uma pesquisa sugerindo que as manchas escuras em declives marcianos poderiam ser causadas por cursos de água salgada, que correriam durante o verão no planeta.

Ele formulou a hipótese a partir de análises de imagens feitas pela High Resolution Imaging Science Experiment (HiRISE), uma das câmeras do satélite Mars Reconnaissance Orbiter (MRO).

Em abril de 2015, a Nasa afirmou que as imagens feitas pelo satélite haviam oferecido pistas de que a teoria de Lujendra poderia estar correta. E, nesta segunda-feira, um estudo do nepalês confirmando a hipótese foi divulgado na publicação científica Nature Geoscience e anunciado pela agência espacial americana.

Atualmente, ele é estudante de PhD em ciência planetária no Instituto de Tecnologia do Estado da Geórgia.

Em seu site, ele afirma que seu principal interesse é “entender a evolução dos planetas telúricos (os mais próximos do Sol no Sistema Solar: Mercúrio, Vênus, Terra e Marte)”.

“Sou apaixonado pelo estudo das atuais características geológicas de corpos planetários no Sistema Solar. Trabalhei com Terra, Marte, Lua, asteroides, cometas e também classifiquei diversos meteoritos”, diz.

Fonte: http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/09/150928_marte_estudante_perfil_cc

Abaixo um vídeo bem interessante sobre a “descoberta” da NASA.

Documentário: ALIENÍGENAS [Discovery Channel]

“Há um esforço global em andamento. Arquivos secretos escondidos por décadas detalhando cada encontro com extraterrestres agora veem a público. Estamos prestes a revelar a verdade sobre estes documentos confidenciais. Descobrir o que o governo não quer que você saiba. Este é

Alienígenas: Expondo os maiores segredos do planeta Terra

Mistério: Feixe de luz sobre caixa d’Água 

 

Exemplo de um feixe de luz retirado da internet

 
Há algum tempo foi visto sobre a caixa d’Água da CAER (Companhia de água e esgoto de Roraima), localizada em Boa Vista no bairro São Pedro um feixe de luz, um raio que vinha do céu misteriosamente e atingia a caixa d’Água. Foi só por alguns segundos, era uma luz bem definida, diferente de uma descarga atmosférica. 

Outro fato que aconteceu um bom tempo depois nas proximidades da caixa d’Água foi uma luz avermelhada que saia do solo para o céu, uma luz bem definida também.

Ambos os casos aconteceram por volta de 16h e 17h em um dia limpo de poucas núvens.

O interesse de compartilhar essa informação é para se saber se outras pessoas já viram coisas desse tipo por lá, e também por outros lugares.

Aguardo os comentários.