Pignoise – Estoy enfermo (con Melendi)

Estou Doente

Faz tempo que estou sozinho
E que perdi a cabeça
Faz tempo que estou louco
Não me leves a sério

Sou uma espécie de bicho estranho
Que se conserva na solidão
E ainda que aponte, nunca disparo
Sempre me resta perdoar
E é que ninguém pode me ajudar

Que estou doente
Que ninguém pode me curar
Que só quero um pouco de tranquilidade
Que estou sentindo como morrendo por dentro
Que estou doente

Quando fecho os olhos
Todo meu mundo dá voltas
Tentarei pouco a pouco recuperar a cabeça
Se pelo céu nunca voltarás, minhas asas não são verdade
Quando me impulsiono sempre caio, nunca consigo me desapegar
É que ninguém pode me ajudar

Que estou doente
Que ninguém pode me curar
Que só quero um pouco de tranquilidade
Que estou sentindo como morrendo por dentro
Que estou sentindo como morrendo por dentro

Sou uma espécie de bicho estranho
Que se conserva na solidão
E ainda que aponte, nunca disparo
Sempre me resta perdoar
E é que ninguém pode me ajudar

Que estou doente
Que ninguém pode me curar
Que só quero um pouco de tranquilidade
Que estou sentindo como morrendo por dentro
Que estou sentindo como morrendo por dentro
Que só quero um pouco de tranquilidade
Que estou sentindo como morrendo por dentro
Que estou sentindo como morrendo por dentro
Que estou doente

Letra: http://letras.mus.br/melendi/1765908/traducao.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s